*esta sessão será seguida de debate com o realizador Carlos Adriano e o curador João Dumans

Nos dias de hoje, convencionou-se deduzir a pluralidade de formas do cinema a partir de dicotomias bastante simples, como aquelas que opõem ou misturam o documentário e a ficção, o filme de arte e o comercial, o clássico e o moderno. Mas há filmes que ignoram de tal forma essas distinções que acabam por nos remeter a uma espécie de zona insituável da história do cinema, a um território primitivo e  pouco explorado onde misturam-se de maneira poética e indiscriminada restos de imagens, invenções, engenhos ópticos, fotografias, depoimentos, citações, acidentes, memórias. “Santos Dumont: Pré-Cineasta?”, de Carlos Adriano, é um exemplo notável desse cinema “sem pátria”, que se realiza ao mesmo tempo como experimento científico e rito selvagem, como tratado teórico e declaração de amor.

Santos Dumont: Pré-Cineasta?

Carlos Adriano, Brasil, 2010, 63 min.

Este documentário parte da descoberta e restauração de um raro e desconhecido carretel de fotografias reproduzidas de um filme mutoscópio, produzido em 1901, em Londres, sobre Santos Dumont (1873-1932). A obra aborda aspectos históricos e artísticos dos primórdios do cinema (pré-cinema, cinema de atrações) e do cinema de reapropriação de arquivo (found footage, filme de reciclagem), por meio de entrevistas, documentos, metáforas visuais e da articulação própria de um ensaio poético.

quinta, 28 de junho às  19h30
SESC Paço da Liberdade (Pç. Generoso Marques, 189 – Centro). Informações: 3234-4200.
Gratuito

Textos e críticas publicados sobre o filme:

Destaques da programação do Paço da Liberdade/Cinema

  • 03/8, quarta – 19h30 – Gratuito | Cinema Paranaense em Expansão – Cinesesc Mostras Temáticas | Meu Medo (Murilo Hauser, 2010, 12 min.) + Deus (João Krefer, 2010, 5 min.) + Mesera (Pedro Merege, 2010, 11 min.) + Bolpebra (Guilherme Marinho, João Castelo Branco, Rafael Urban, 2011, 8min.) + Haruo Ohara (Rodrigo Grota Brasil, PR, 16 min.) + Vó Maria (Tomás von der Osten, 2011, 6 min.)
  • 04/8, quinta – 19h30 – Gratuito | Pacific (Marcelo Pedroso, Brasil, 2009, 72 min). * Melhor Filme – Prêmio Caríssima Liberdade / 9° Mostra do Filme Livre *
  • 08/8, segunda – 18h30 – Gratuito | Rastros de Ódio (John Ford, EUA, 1956, 118 min.) | Projeto Filme, História e Pensamento | Local: Cinemateca de Curitiba ( R. Pres. Carlos Cavalcanti 1174 – São Francisco)
  • 08/8, segunda – 21h00 – Gratuito | Conferência de João Luiz Vieira (UFF): John Ford – Autor, Gênero, História | Projeto Filme, História, e Pensamento. Local: Cinemateca de Curitiba ( R. Pres. Carlos Cavalcanti 1174 – São Francisco) 11/8, quinta – 19h30 – Gratuito | Terras (Maya Da-Rin, Brasil, 2009, 75 min.) 12/8, sexta – 19h30 – Gratuito | Transeunte (Eryk Rocha, Brasil, 2010, 100 min. ) Debate com o diretor após a sessão. Mediação de Aristeu Araújo.
  • 18/8, quinta – 19h30 – Gratuito | A Fuga da Mulher Gorila (Felipe Bragança e Mariana Meliande, Brasil, 2009, 82 min.) *Melhor Filme, Júri oficial e juri jovem / 12° Mostra de Cinema de Tiradentes *
  • 19/8, sexta – 19h30 – Gratuito | Além da Estrada (Charly Braun, Brasil, 2010, 85 min.) * Melhor Direção / Festival do Rio 2010* Debate com o diretor após a sessão. Mediação de Alexandre Rafael Garcia.
  • 21/8, domingo – 15h00 – Gratuito | Filmclub Goethe Institut – Reprise | Do Outro Lado (Fatih Akin, Alemanha, 2006, 120 min.)
  • 23/8, terça – 19h00 – Gratuito | Filmclub Goethe Institut – Reprise | Do Outro Lado (Fatih Akin, Alemanha, 2006, 120 min.)
  • 25/8, quinta – 19h30 – Gratuito | A Última Estrada da Praia (Fabiano Souza, Brasil, 2010, 80 min.)
  • 26/8, sexta – 19h30 – Gratuito | Meu Mundo em Perigo (José Eduardo Belmonte, Brasil, 2007, 92 min). Debate com o diretor após a sessão. Mediação de Aristeu Araújo.

Nikola Matevski
Paço da Liberdade SESC Paraná | 41 3234 4221 | www. sescpr.com.br | @pacodaliberdade