Na mídia:

O veterano diretor de cinema Silvio Tendler comenta a indicação de Sérgio Sá Leitão para assumir uma diretoria na ANCINE:

CONTRA SÉRGIO SÁ LEITÃO NA ANCINE.

Sérgio Sá Leitão, chamado de Javali pelo poeta Ferreira Gullar por conta dos seus maus modos quando trabalhava no gabinete do Gil em Brasília e querendo agredir o poeta o chamou de Stalinista demonstrando a mais alta ignorância em matéria de História, política e sociabilidade pois o poeta entrou para o PCB em 1964 exatamente dez anos após a morte do caudilho soviético.

Agora, acho que querendo me chamar de “Blockbuster” me chamou, eu, cadeirante parestésico, de “Blacblock”. Ah, como eu gostaria que ele tivesse razão e eu ainda pudesse atirar umas pedras nestes malfeitores que vilipendiam o povo brasileiro.

Gostaria ainda de esclarecer que nem eu nem minha produtora recebemos nenhum apoio da Riofilme dirigida pelo sinistro personagem que, ao contrario, tentou de todos os modos me prejudicar, tendo que pedir apoio do Prefeito Eduardo Paes para me livrar das garras e da ânsia de sangue do Javali de plantão.

Me oponho sua condução à direção da ANCINE considerando que será uma herança maldita que será deixada para o Cinema Brasileiro pelos que o nomearem.

Contra Sérgio, Sá Leitão na Ancine,

Silvio Tendler

Nas redes sociais: