O HOMEM URSO dia 07/12 no Cineclube “É nóis que avoa, bruxao” sessão 3

O Cineclube “É nóis que avoa, Bruxão” realizará uma exibição de “O HOMEM URSO” (EUA, 2006) de Werner Herzog na terça dia 07/12, as 19:00h no Colégio Rio Branco (Rua Bispo Dom José, 2426).

O filme é um documentário que aborda, a partir da história do ambientalista Timothy Treadwel, as relações entre a “natureza” humana e a animal. Treadwell passou 13 verões vivendo entre ursos do Alaska e produziu farta documentação em video até que acabou sendo morto por um dos animais. Herzog discute a perspectiva do ecologista segundo uma tentativa de integrar-se ao mundo animal e segundo uma visão harmônica da natureza a qual põe em xeque na confrontação com certas “neuroses” contemporâneas, como a sensação ou ausência de sensação de pertencimento a uma comunidade e tentativa de integrar-se mutantemente a outro universo.

A reflexão proposta nessa bela obra Herzog é digna de nossos dias, como tambem, diga-se de passagem, de outros tempos, desde antes da modernidade e suas diferentes vertentes de jusnaturalismos. Mas para além disso o filme é um belíssimo exemplo de uma espécie de meta-filmografia: uma estética de Herzog refletida sobre as filmagens originais de Treadwell que retratam a paisagem e a vida no Alaska numa perspectiva fascinante.

O comentário ficará a cargo de Victor Tartas (doutorando da UERJ e professor de filosofia da Universidade Estadual do Centro – UNICENTRO).

Abraços

Roberto Blatt